7 cozinhas que inspiram a ter uma vida mais saudável

Solicita Cotización

Número incorrecto. Por favor, compruebe el código del país, prefijo y número de teléfono.
Al hacer clic en 'Enviar' confirmo que he leído los Política de protección de datos y acepto que mi información anterior sera procesada para responder a mi solicitud.
Nota: Puedes cancelar tu consentimiento enviando un email a privacy@homify.com con efecto futuro

7 cozinhas que inspiram a ter uma vida mais saudável

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Cocinas de estilo  por Designer de Interiores e Paisagista Iara Kílaris
Loading admin actions …

Existem alguns procedimentos que podem facilitar para que se tenha uma vida e uma alimentação mais saudáveis. Esses procedimentos são fáceis de aplicar e podem provocar rapidamente mudanças positivas que refletem no bem-estar e nos bons hábitos.

Eles vão desde a iniciativa de colocar o foco central do espaço nas frutas e verduras, alimentos basilares da boa alimentação que nem sempre são devidamente apreciados, até o investimento em utensílios de medidas, balanças e pratos menores para reduzir as porções. 

Outros passos são o cultivo de ervas aromáticas, a disposição funcional dos equipamentos e eletrodomésticos, a organização da despensa e até a presença de um iPod ou CD player na cozinha para embalar com música as horas dedicadas ao preparo das refeições.

Esteja você ou não seguindo uma dieta ou lidando com restrições alimentares, as dicas a seguir vão tornar o ambiente da cozinha mais prático e agradável, colaborando para que você possa ter uma alimentação mais benéfica e salutar. Isso se estende também para toda a família, fazendo com que o ato de comer seja algo prazeroso para todos!

Ervas frescas à mão em lindos vasos

Ervas frescas fazem toda a diferença no sabor de um prato, além de serem muito mais saudáveis do que as versões industrializadas. Atualmente, com a orientação dos médicos para que se diminua o sal na comida, as ervas aromáticas ganham protagonismo na culinária, pois realçam o sabor dos alimentos, o que permite que se diminua o sal. O bom é que não é difícil mantê-las em casa: elas não demandam muito espaço, nem cuidados muito complicados ou exaustivos. O importante é instalar os vasos – que podem ser bem bonitos para também decorarem a cozinha – em um local em que haja luz natural suficiente. Você pode colocá-las em vasos em uma estrutura vertical na varanda ou área de serviço ou, então, cultivá-las na cozinha mesmo, em vasos dispostos na bancada de trabalho. Entre as ervas que é possível cultivar em um jardim interno estão a salsinha, a cebolinha, o manjericão, o tomilho. o hortelã, o alecrim, o coentro, a pimenta, cominho, erva-cidreira e orégano. São perfeitas para temperar os mais variados pratos ou então para o uso em forma de chás, que são extremamente benéficos para a saúde. 

Frutas, legumes e verduras no foco

Frutas, legumes e verduras são a base de uma alimentação saudável e devem ser consumidos frescos e diariamente. No entanto, vivemos em uma sociedade orientada para o fast-food e as comidas calóricas, o que faz com que existe muita resistência aos alimentos naturais. Assim, é preciso que seja feito um esforço para, dentro da nossa casa e da nossa cozinha, promover o consumo delas. Colocas as frutas, os legumes e as verduras como foco central da cozinha é um passo nessa direção. Isso se faz, por exemplo, dispondo um belo arranjo de frutas na mesa de refeições ou em nichos nas paredes de forma que se possa ter rápido acesso a elas. Bananas, laranjas, limões, peras, maçãs, maracujás, ameixas e uma grande quantidade de frutas podem estar bem à mão para serem comidas ao natural ou usadas em saladas de frutas, sucos, vitaminas, cremes e até doces. Já os legumes e as verduras podem ser colocados em primeiro plano na geladeira de uma forma muito simples: lavando-os, secando-os e deixando-os prontos para o preparo de pratos. Uma coisa que pode ser feita facilmente é cortar cenouras e pepinos em palitos e deixá-los na geladeira em recipientes plásticos com água para serem comidos naquelas horas em que se tem vontade de beliscar. Outra coisa interessante para se fazer é decorar a cozinha com painéis retratando frutas, caso do projeto da designer de interiores e paisagista Iara Kílaris. Ser cotidianamente lembrado do benefício e sabor das frutas por meio de imagens atraentes é uma forma bem inteligente de promover a saúde alimentar onde se vive.

Equipamentos bem posicionados

É uma excelente ideia dispor seus equipamentos e eletrodomésticos de forma funcional na cozinha para que tenha acesso fácil a qualquer um deles. Especialmente os equipamentos e utensílios mais saudáveis, como por exemplo aquela máquina de pão caseiro. Assim, você vai utilizar esses recursos com mais frequência para preparar receitas saudáveis para você e toda a família. Mantenha-os sempre em perfeito funcionamento, prontos para o uso. Dessa maneira, você poderá se organizar e preparar sem problemas um cardápio semanal com pratos que beneficiem a sua saúde. Portanto, se necessário, compre um copo novo para o liquidificador, mande consertar o forno de micro-ondas, regule corretamente a geladeira e o freezer, faça uma vistoria no fogão. Com tudo funcionando a contento, sua vida na cozinha será muito mais fácil.

Armários e despensa em ordem

É muito importante manter sua despensa ou armário organizados de forma que você sempre tenha à mão os ingredientes de que precisa. Verifique se os produtos embalados estão livres de furos, infiltrações e até bichinhos. Em seguida, livre-se dos produtos com data de validade vencida. A mesma coisa com respeito aos alimentos pouco saudáveis, como doces, salgadinhos, sucos, pratos e molhos industrializados, maionese pronta, farinha branca, refrigerantes e toda uma infinita lista de alimentos vazios de nutrientes e plenos de químicos. Adote a política de tolerância zero, se for preciso. Feito isso, organize os produtos por tipo e por data de validade, de modo que você sempre consuma primeiro aquele com a data mais perto de expirar. Desse jeito, o risco de perder alimentos é menor.   

Pratos pequenos na mesa

Mesmo que você faça uma dieta de pontos, não custa (quase) nada se munir com apetrechos que o ajude a controlar a quantidade de comida que ingere. Assim, colheres e copos de medida, bem como balancinhas para pesar os alimentos, são sempre bem-vindos em uma cozinha saudável. Outra medida que vale a pena adotar é o prato de sobremesa: restrinja a sua porção ao que cabe nele e você verá – na balança do banheiro – que ele funciona. Para outras dicas sobre cozinha, leia este artigo.

Casas de estilo  por Casas inHAUS

¿Necesitas ayuda con tu proyecto?
¡Contáctanos!

¡Encuentra inspiración para tu hogar!